Paraná HP e Brown Spiders fazem Paraná Bowl inédito

Brown Spiders e Paraná HP fazem, neste domingo (25), a grande final do Campeonato Paranaense de Futebol Americano, o Paraná Bowl IX. Será a nona edição do jogo, disputado pela segunda vez consecutiva no Complexo Esportivo Brown Spiders, marcando a quarta aparição seguida do HP na decisão. Já os Aranhas voltam ao grande jogo após […]

Troféu que será entregue ao campeão paranaense de 2017. (Foto: Lara Farias)

Brown Spiders e Paraná HP fazem, neste domingo (25), a grande final do Campeonato Paranaense de Futebol Americano, o Paraná Bowl IX. Será a nona edição do jogo, disputado pela segunda vez consecutiva no Complexo Esportivo Brown Spiders, marcando a quarta aparição seguida do HP na decisão. Já os Aranhas voltam ao grande jogo após três anos de ausência, dando ares inéditos à partida.

E promete. Será o segundo confronto entre HP e Spiders no campeonato, repetindo a partida que abriu o Paranaense 2017, e a julgar por este embate, vitória da equipe verde e prata por 28 a 20, o público pode esperar um jogo apertado, de muita disputa e entrega. Ao menos assim projetam os treinadores.

Segundo o comandante dos Aranhas, Wayne Lucero, a tendência é de que a decisão tenha pouca semelhança com o confronto da semana um da competição. “Vai ser muito diferente. Os dois [Brown Spiders e HP] estavam entrando com segundo, terceiro times em campo, tinha dois sistemas de ataque novos. Neste domingo, vamos ver muitas coisas diferentes nos dois times”, despistou.

Do outro lado, Carlos Copi, técnico do HP, ressalta a evolução e as mudanças vistas nas equipes ao longo da competição. “Os dois ataques são novos, as duas defesas mostraram evolução, mudaram bastantes coisas. As duas equipes estão mais maduras então acredito que será um espetáculo mais bonito”, destacou.

Encontro entre as equipes teve clima descontraído e projeção para o Paraná Bowl IX. (Foto: Lara Farias)

Os representantes dos dois times esconderam o jogo em seu último encontro antes da decisão do Paranaense. Em entrevista coletiva promovida pela FPFA (Federação Paranaense de Futebol Americano), na noite da última quinta-feira (22), nem os comandantes muito menos os jogadores presentes (o WR Molina, pelo HP, e do lado dos Aranhas o DB Matheus Luz e o RB Leonardo Wolff) deram qualquer pista de como está a preparação dos dois times para a partida de domingo.

Luz e Molina, aliás, travarão um dos confrontos mais interessantes do jogo. De um lado o recebedor, líder em TDs anotados na competição (seis), de outro um dos defensores mais experientes da bola oval paranaense. Perguntado sobre o plano para limitar Molina, Luz preferiu elogiar o adversário e manter o suspense. “Complicado falar sobre o plano de jogo três dias antes do confronto. A gente sabe do potencial dele, todo mundo esta vendo quantos TDs ele fez, as recepções. Mas o que vamos aplicar para parar ele deixamos para domingo”.

O receiver retribuiu as palavras de gentileza e também não abriu o jogo. “Acho que, às vezes, mexer em time que está ganhando não é ideal. O coach falou algumas coisas para a gente, e vamos para cima”, despistou.

(Foto: Lara Farias)

Apesar das palavras amigas dos dois lados, o confronto promete outra ‘cara’. Os embates entre Spiders e HP são, geralmente, marcados pela intensidade e pela tentativa de imposição física. Para o running back Leonardo, é fundamental que os times entrem tentando balancear a agressividade e a racionalidade. “A parte física é mais um componente. O jogo pode ser mais pegado, mas se você entrar só pensando no físico, não vai dar. Tem que entrar com técnica, tática, cabeça também. Tem que ter um equilíbrio. Por mais que o jogo possa ser mais físico, imagino que o equilíbrio entre tudo isso é que pode trazer um melhor desempenho para a equipe”.

Copi não deixou de ressaltar o que acredita que será mais um jogo de muita disputa em campo, e destaca o que pode ser um diferencial para sua equipe na grande final. “É importante diferenciar o jogo físico do jogo truncado. Realmente acho que as equipes vão ter bastante vontade, vai ser bastante físico, mas acho que vai ser um espetáculo bastante interessante. Algo que joga a nosso favor é a experiência em final. É nossa quarta consecutiva, é uma coisa que o Crocodiles sempre teve a seu favor, e pela primeira vez teremos isso ao nosso lado”, concluiu, citando o time do Coritiba, que por oito anos consecutivos jogou o Paraná Bowl.

Serviço

Imagem divulgação do Paraná Bowl IX. (Imagem: Divulgação/FPFA)

Quem é de Curitiba e região poderá assistir a nona edição do Paraná Bowl IX, a decisão do Paranaense de Futebol Americano, que acontece no domingo (25), com kickoff marcado para às 13h30, no Complexo Esportivo Brown Spiders. Os portões serão abertos à partir das 11 horas para os interessados em participar das brincadeiras e atividades que terão à disposição no local, ou quiser aproveitar os food trucks que estarão no evento. Os ingressos custam R$ 15 antecipados, à venda com as equipes ou na New England Hamburguers & Beers (Rua Nilo Peçanha, 99 – São Francisco), até esta sexta-feira (23), às 23 horas. No local, o preço será R$ 30, com direito a meia entrada seguindo o Estatuto do Torcedor.

Quem não estará na capital paranaense no dia do jogo poderá acompanhar a partida pela internet, pelo Facebook da FPFA ou pelo Youtube. A transmissão contará com as presenças de Renan do Couto e Antony Curti, narrador e comentarista de futebol americano do canal por assinatura ESPN Brasil.

Deixe um Comentário

Name *
Email *
Website
Comentarios *

Related Post

Sobre

O melhor conteúdo de futebol americano para amantes do esporte como nós ;)
Fique por dentro do que rola no FA no Brasil e no mundo com o Portal do FA.

Contato

Rua Monsenhor Ivo Zanlorenzi, 3847, Mossungue
Curitiba – Paraná - Brasil
UP