Bristlebacks e Brown Spiders: emoção e surpresa na Rodada 2 do Paranaense FA

Brown Spiders e Londrina Bristlebacks protagonizaram um espetáculo histórico pelo Campeonato Paranaense no último sábado.   Na primeira rodada… Após a boa apresentação na primeira rodada, o Brown Spiders era tido por todos como o favorito da partida. Vale lembrar que, na Rodada 1 do Campeonato Paranaense, o Bristlebacks perdeu em casa por 54×00 pro […]

Brown Spiders e Londrina Bristlebacks protagonizaram um espetáculo histórico pelo Campeonato Paranaense no último sábado.

 

Na primeira rodada…

Após a boa apresentação na primeira rodada, o Brown Spiders era tido por todos como o favorito da partida.

Vale lembrar que, na Rodada 1 do Campeonato Paranaense, o Bristlebacks perdeu em casa por 54×00 pro Crocodiles e o Brown Spiders disputou até os últimos segundos com o Paraná HP na derrota por 28×20 em casa.

 

A partida

(Foto: Silvio Machado/Bristlebacks)

O jogo foi disputado do início ao fim e cheio de reviravoltas.

O primeiro a pontuar foi o time da casa, Bristlebacks, num passe de 30yd. Mas a liderança no placar não durou muito e o Brown Spiders virou a partida com TDs de Candioto e Wolff.

Num jogo agitado, emocionante e de dominância dos ataques, ambos times marcaram mais quatro touchdowns ainda antes do intervalo; três do time da casa e um do visitante. E assim o jogo foi ao intervalo; Bristlebacks 28 x 21 Brown Spiders.

Essa parada de 15 minutos costuma ser muito útil para os técnicos reverem seus planos de jogo, acertarem detalhes com jogadores e tentar arrumar tudo para a metade final da partida.

(Foto: Silvio Machado / Bristlebacks)

Mas no retorno, o Bristlebacks jogou um balde de água fria em qualquer esboço de reação do Brown Spiders. Logo no início do terceiro quarto de jogo, mais um touchdown para o time da casa ampliando, assim, a vantagem no placar. Agora, 35×21 para o time de Londrina.

Todo o público presente no estádio e o que acompanhava a partida pelo play-by-play feito pela FPFA (Federação Paranaense de Futebol Americano) estava de certa maneira surpreso pela força mostrada pela única equipe do interior na Divisão Norte.

E contrariando a quantidade surpreendente de touchdowns do primeiro tempo de jogo, o segundo foi mais estudado e disputado. As defesas se sobressaíram e seguraram o placar estático até os últimos segundos.

 

“Não tá morto quem peleia”

(Foto: Silvio Machado / Bristlebacks)

Nada melhor que este ditado, muito conhecido no sul do Brasil, para retratar os momentos finais do jogo.

Faltando menos de 1 minuto para o fim, Bristlebacks vencendo a partida por 2 posses de bola e tudo parecia se encaminhar com tranquilidade para o fim da partida.

Foi então que mais emoção foi trazida ao jogo pelo Brown Spiders, que não deixou de lutar até os últimos segundos.

A cerca de 25 segundos para o final, a equipe descontou a diferença com mais um touchdown.

Após marcar, tentou um onside kick e recuperou! Estava já em campo de ataque, em plenas condições de pontuar novamente e levar o histórico jogo à prorrogação… mas neste instante a defesa do Bristlebacks cresce e acaba com o retorno triunfal da equipe da capital que estava se desenhando.

Edson Mello, defensor londrinense, intercepta o passe do quarterback do Brown Spiders e encerra a partida. Final: Bristlebacks 35 x 28 Brown Spiders.

 

Classificação do Paranaense de FA 2017

Após a vitória, o Bristlebacks fica na terceira posição da Divisão Norte, atrás de Paraná HP (#1) e Coritiba Crocodiles (#2). A lanterna da divisão fica, por momento, com o Brownspiders.

Bristlebacks viaja, em duas semanas, a Curitiba onde enfrentará o atual campeão, Paraná HP.

Já o Brown Spiders se prepara para receber em seus domínios o heptacampeão Crocodiles.

Deixe um Comentário

Name *
Email *
Website
Comentarios *

Related Post

Sobre

O melhor conteúdo de futebol americano para amantes do esporte como nós ;)
Fique por dentro do que rola no FA no Brasil e no mundo com o Portal do FA.

Contato

Rua Monsenhor Ivo Zanlorenzi, 3847, Mossungue
Curitiba – Paraná - Brasil
UP